domingo, 26 de dezembro de 2010

Dentro da mente, é onde começa o inferno

Eu! eu... eu? Quem sou eu? Dentro de um mundo que ninguém sabe quem definiu fantasia e realidade. Dentro de um mundo que ninguém consegue entender a exata dose de qualquer coisa para aquela tal coisa prosseguir. Quem sou eu,? Não sei se sou o "quem" eu mesma pergunto, quem? Quem sou? Acabei de descobrir que não sei se sonho, se acabei de assisti a tv, se me contaram o que sei, ou se vi o que sei, não sei se vi a morte ou se fui ao cinema.

Realidade, uma coisa tão exata, que criou no ser humano, que criou em mim, essa tal coisa de imaginário sem fim, mas qual será , qual será o propósito da realidade rir de mim? E me fazer acreditar que realidade não é realidade, e que isso não tem fim!

Então, me diga, quem sou? hein? Que ao ler esse texto, não sei ao certo, se sou que escrevo ou se sou eu que leio, não sei exatamente seu sou eu ou se eu sou você. Eu sou...

Eu sou quem cria o mundo paralelo, que mexe com teu inconsciente, quem abre a confusão, sou sua mente, mas só te ajudo a enganar. E digo isso, porque nunca terá cem por cento de nada, de visão, de cores, de som, de certeza. Então, engana-te! Engana-te que essa bebida é mesmo boa! que sentes mesmo fome, que tudo é uma ciência, e de que existe lógica pra tudo. Engana-te também, pois nunca soube que realidade nunca existiu, foi teu imaginário, pra fugir da loucura, criou um mundo exato, onde se explica a vida por 23 cromossomos. Eu? Eu sou você.

2 comentários:

a Vanessa mesmo disse...

eu sou, eu fui, eu vou...

WASHINGTON LUIZ - Tchu™ disse...

é...minha menteé um verdadeiro inferno..